A importância da gestão de TI para a Contabilidade

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

A revolução digital trouxe uma nova era para todas as áreas da sociedade, inclusive, para a contabilidade, que largou a prática manual de inúmeros processos, para aderir aos processos digitais.

Desde então, tem se tornado cada vez mais necessário para as empresas a questão da tecnologia, tornando-se necessário repensar sobre a importância da gestão de TI para a contabilidade.

Para entender melhor porque uma gestão de TI pode ser tão importante, continue lendo o artigo até o final.

Contabilidade Digitalizada

Atualmente, os profissionais contábeis veem-se obrigados a entender cada vez mais os avanços tecnológicos, pois estes estão afetando diretamente seu trabalho. Um exemplo é que, para funcionar, um escritório contábil, precisa, primeiramente de uma internet banda larga.

É necessário também que haja softwares e sistemas que possibilitem a prática das atividades contábeis, fiscais e administrativas, como, por exemplo, emissão de Nota Fiscal Eletrônica (NF-e).

Segundo o artigo “Tecnologia e Sistemas de Informação e Suas Influências na Gestão e Contabilidade”, publicado no IX Simpósio de Excelência em Gestão e Tecnologia,

“O avanço trazido pela tecnologia da informação, transformou a forma de atuação do profissional contábil e sua postura perante o processo decisório, atuando agora como o gerenciador de informações. Com o advento da Internet, as velhas rotinas operacionais cedem espaço para a modernização sistemática dentro das organizações, livros, registros, fichários, formulários contínuos cedem espaço a pen drives, amplos arquivos engavetados são armazenados em arquivos nos microcomputadores e viram planilhas de informações com acesso livre a diversos usuários.”

O que é uma gestão de TI?

Ao contratar uma gestão de TI, a empresa contratante deixará de se preocupar com toda a parte de tecnologia da informação (TI), pois esta, passará a ser responsabilidade da empresa contratada.

A gestão de TI, então, deverá ficar responsável pelo gerenciamento de rede, usuários, serviços e dispositivos essenciais para a operacionalidade da empresa. Além disso, geralmente os fornecedores de gestão de TI oferecem também tarefas como backup e recuperação de dados, autenticação da informação, operação de sistemas e serviços de suporte.

Com uma gestão de TI responsável torna-se desnecessário que haja um profissional de tecnologia dentro da empresa, assim como qualquer infraestrutura de TI, gerando uma economia nos gastos com funcionários, cargas tributárias e estrutura física.

Segurança da Informação

É de conhecimento geral que o setor contábil lida, diariamente, com uma grande demanda de informações, e na maioria das vezes, estas informações são de caráter confidencial de empresas terceiras, por isso, neste setor, a segurança da informação é algo que deve ser levado a sério.

Através da digitalização de dados, além de garantir a sua durabilidade, é possível também garantir a sua segurança, pois ao serem digitalizados e armazenados na nuvem, os arquivos passam a ser protegidos, ficando disponíveis apenas àqueles que tiverem acesso.

A segurança da informação também se faz necessária perante as autoridades, pois, ao perceber seus dados vazados, as autoridades podem considerá-los imprestáveis durante todo o período em que estiveram perdidos, passando a empresa a ter seu lucro tributável de maneira arbitrária até que os dados sejam considerados confiáveis novamente.

Gestão de TI na Contabilidade

Mas afinal, por que uma gestão de TI é uma boa opção para uma empresa de contabilidade? A seguir, vamos listar três motivos para mostrar a você a importância da gestão de TI dentro do setor contábil.

1) Redução de custos

Como já falado anteriormente, com a gestão de TI, torna-se desnecessária a necessidade de uma infraestrutura de TI ou a contratação de uma equipe de tecnologia, que varia entre analista de dados, de sistema, suporte técnico, administradores de rede, entre outros. Logo, os custos trabalhistas também são reduzidos.

Desta forma, os gastos com equipamentos também diminuem e o dinheiro economizado pode ser investido nas demais áreas da empresa.

2) Agilidade e produtividade

Com a gestão de TI, a manutenção é feita de forma preventiva, a fim de que os problemas sejam tratados, visando não atrapalhar a produtividade e nem o trabalho dos funcionários. E mesmo quando os problemas ocorrerem (porque eles acabam ocorrendo), são resolvidos de forma rápida, por uma equipe especializada, de forma remota ou presencial.

Assim, a produtividade é afetada da menor forma possível, visando não atrapalhar as atividades diárias, e possibilitando que todos se dediquem a suas reais funções e ao core business do negócio sem a necessidade de estarem sempre tentando entender sobre tecnologia além do necessário para suas atividades.

3) Erga-se após um desastre!

Dentre os serviços oferecidos pela gestão de TI, geralmente estão, armazenamento de arquivos, backup e recuperação de dados. Serviços sempre fundamentais para a segurança da informação e a proteção dos seus dados.

Entretanto, desastres acontecem! Podem ser em forma de ransomware, incêndio, acidente, quebra da máquina, falha no servidor… Não importa! A gestão de TI está presente para erguer a sua empresa após qualquer desastre, graças a todo o trabalho feito ao longo dos meses (ou até anos).

Com o backup recorrente, e o trabalho de profissionais competentes é possível recuperar todos os dados da empresa e seguir em frente sem maiores danos.

Conclusão

Como você pode ver, a gestão de TI dentro de uma empresa contábil só tem a agregar, proteger e trazer benefícios para o seu negócio. É importante, no entanto, procurar uma empresa séria, que ofereça serviços diferenciados aos clientes contábeis, visto que suas necessidades são diferentes de um escritório de advocacia, por exemplo.

A Diferencial TI se preocupa com seus clientes e busca sempre oferecer um serviço único voltado para cada cliente e seu negócio específico.

Autor convidado

Tiago Paladino, é closer na Diferencial TI, ajuda empresas a alcançarem o máximo de seu potencial através da tecnologia. É pai, baterista, leitor inveterado de Stephen King, fã das obras do Tarantino e séries de gosto duvidoso.

 

Comentários