Primeiros passos para abrir um escritório de contabilidade

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
abrir um escritório de contabilidade

Está interessado em abrir um escritório de contabilidade? Seguir os passos corretos na hora de investir em um novo negócio é a melhor maneira de começar.

Segundo o Conselho Federal de Contabilidade (CFC), há 521.957 profissionais de contabilidade (contadores e técnicos) e 66.997 organizações contábeis no Brasil. Refletindo sobre esses dados, chega-se à conclusão de que novos negócios precisam se destacar no mercado para enfrentarem a concorrência, não é?

Pensando nisso, elaboramos este artigo com os primeiros passos para abrir um escritório de contabilidade, ganhar visibilidade e alcançar o tão almejado sucesso empresarial.

Então, vamos à leitura?

 

1° passo: Faça um planejamento detalhado

 

O sucesso começa com um bom planejamento!

Em razão disso, montar um plano de negócios bem estruturado e detalhado deve ser prioridade. Estude o mercado de maneira metódica e analise todos os dados necessários antes de começar a atuar, como:

  • viabilidade da ideia de acordo com o público-alvo e região;
  • quantia necessária para o investimento inicial;
  • projeção de gastos, custos e despesas nos primeiros meses (aluguel, folha de pagamento, contas de água e luz, equipamentos e itens de escritório etc.) e posterior definição do capital de giro necessário;
  • informações completas sobre os planos operacional, financeiro e de marketing;
  • missão da empresa e objetivos a serem alcançados.

 

2° passo: Escolha com cautela a localização

 

O ideal é abrir um escritório de contabilidade em um local visível, seguro e de fácil acesso ao público, próximo aos pontos de ônibus e estacionamentos.

Além disso, como faz parte da rotina do profissional de contabilidade ir à Receita Federal, às Juntas Comerciais, à Prefeitura e aos bancos, é indicado que se escolha uma localização próxima dos centros comerciais de sua cidade.

 

3° passo: Dê atenção à estrutura e aos colaboradores necessários

 

Em relação à estrutura, tudo depende daquilo que foi previamente estipulado no plano de negócios: caso a demanda seja pequena, o escritório pode funcionar com um contador e com um auxiliar — e uma área de 30m² é suficiente.

Caso a demanda seja maior, considere um local que comporte:

  • arquivo;
  • sala do contador;
  • departamentos de Escrita Fiscal, de Recursos Humanos e de Contabilidade;
  • banheiro, copa e sala de espera.

Nesse caso, além do contador e do auxiliar, considere também a contratação de:

  • profissionais encarregados pelos departamentos vistos acima;
  • auxiliar de limpeza;
  • profissional responsável por serviços externos, como levar e buscar documentos.

 

4° passo: Certifique-se de estar em conformidade com as exigências legais

 

Abrir um escritório de contabilidade é como abrir qualquer outra empresa quando se trata de exigências relacionadas à documentação (como alvará de funcionamento), cadastramentos e registros.

Certifique-se de cumprir as seguintes etapas, entre outras:

  • Registro no Conselho Regional de Contabilidade (CRC);
  • Registros na Junta Comercial, na Secretaria da Receita Federal e na Secretaria Estadual da Fazenda;
  • Inscrição Municipal;
  • Cadastro nos sindicatos e junto à Caixa Econômica Federal;
  • Obtenção da licença de funcionamento com o Corpo de Bombeiros Militar.

Além disso, é imprescindível ter o devido conhecimento de Decretos e Resoluções relacionados à atividade de contabilidade. Confira alguns:

  • Decreto-Lei n°. 9.295, de 27 de maio de 1946;
  • Resolução CFC 803, de 10 de outubro de 1996;
  • Resolução CFC 814, de 25 de julho de 1997;
  • Resolução CFC 867, de 09 de dezembro de 1999;
  • Resolução CFC 868, de 09 de dezembro de 1999;
  • Resolução CFC 892, de 09 de novembro de 2000 – Altera as Resoluções CFC nº. 867/1999 e nº. 868/1999 e dá outras providências;
  • Resolução 750, de 29 de dezembro de 1993.

 

5° passo: Reconheça a importância da transformação digital e do marketing

 

A tecnologia é aliada de pequenas, médias e grandes empresas, sejam elas prestadora de serviços ou focadas na venda de mercadorias.

Quando se trata de contabilidade, a melhor ferramenta para auxiliar o aumento da produtividade e a otimização dos processos do escritório é a de integração contábil, a qual permite o acesso total às informações do sistema de gestão empresarial dos clientes.

Por fim, é imprescindível se atualizar em relação ao Marketing Digital para divulgar seu negócio e alcançar o público-alvo ideal: então, invista em um site institucional com um blog e no fortalecimento da imagem da empresa nas redes sociais.

Como você pôde perceber, abrir um escritório de contabilidade não é tão difícil, mas exige um planejamento bem elaborado, especialmente quando se trata da localização, da equipe a ser contratada, das exigências legais e específicas e das ferramentas a serem utilizadas.

E então, quer começar do jeito certo e garantir a produtividade desde o início? Seja um parceiro!

Comentários